O mercado de ações alternativo (MaB)

A bolsa alternativa (MaB) é um mercado financeiro criado na Espanha para que as pequenas e médias empresas (PMEs) possam ser cotadas na bolsa espanhola e, assim, possam se financiar emitindo suas ações.

O mercado de ações alternativo (MaB)

Portanto, é um mercado voltado para aquelas empresas com baixa capitalização de mercado, que buscam financiamento aliado a regulação, custos e processos adequados ao seu porte e características.

De referir que uma das razões para a criação deste mercado na altura foi e é a criação de uma fonte alternativa de financiamento ao crédito bancário. Dado que existe uma concentração excessiva do financiamento das PME com recursos externos.

Por tudo isso, nasceu este mercado, para dar a possibilidade e facilitar às empresas a possibilidade de se financiarem com recursos próprios através de aumentos de capital. E assim manter um equilíbrio no seu equilíbrio financeiro, entre recursos próprios e demais.

Vantagens do mercado de ações alternativo para empresas

Qualquer empresa que pretenda aderir à bolsa alternativa terá um conjunto de vantagens que o apoiarão tanto na sua eventual expansão como na sua competitividade no seu setor. Vamos citar algumas dessas vantagens:

  • Financiamento : A obtenção de financiamento para a realização de projetos de expansão é o principal objetivo de qualquer empresa de capital aberto. Este financiamento é realizado através de fundos próprios (ações).
  • Visibilidade e reconhecimento : a emissão de ações na bolsa alternativa oferece às empresas uma maior presença na esfera pública. Devido à maior cobertura de analistas e mídia. Isso, portanto, aumenta o poder da sua marca e o reconhecimento público.
  • Liquidez : Listar no mercado de ações fornece liquidez para as ações da empresa. Isso significa uma maior facilidade de conversão em dinheiro do que as empresas que não estão listadas. Portanto, este é um fator determinante para potenciais investidores.

Requisitos para poder cotar no mercado de ações alternativo

Qualquer empresa que queira oferecer suas ações no MaB, tem que cumprir uma série de requisitos fundamentais. Nós os vemos abaixo:

  • Transparência : um alto nível de transparência é exigido por parte da empresa. Tanto no que diz respeito à publicação das suas demonstrações financeiras como em qualquer tipo de informação ou procedimento exigido pelo órgão competente.
  • Informação : Obrigação de publicar informação periódica, bem como qualquer informação relevante para os investidores. Dentro deste, há um relatório financeiro semestral referente às demonstrações financeiras intermediárias, e um relatório financeiro anual, que inclui as contas anuais auditadas da empresa.
  • Consultor cadastrado : A empresa deve ter um consultor que a auxilie tanto no seu ingresso no mercado quanto durante o período em que permanecer nele.
  • Provedor de liquidez : você deve ter uma entidade que forneça liquidez para a empresa. Ou seja, é responsável por facilitar a negociação de suas ações.
  • Segregação acionária: O MaB pede às empresas que a propriedade de suas ações seja distribuída entre diferentes acionistas. Assim, um dos critérios que o mercado estabelece para o garantir é que tenha pelo menos 20 accionistas com uma participação inferior a 5%.

Outros mercados de ações alternativos

Em praticamente todos os países financeiramente desenvolvidos, existem bolsas de valores criadas para que pequenas e médias empresas possam ser listadas em bolsa e, assim, buscar financiamento com recursos próprios. Vejamos alguns exemplos de mercados de ações alternativos na Europa:

  • AIM (Inglaterra).
  • NYSE Alternext (França, Bélgica, Holanda e Portugal).
  • Padrão de entrada (Alemanha).
  • AIM Italia (Itália).
  • Enterprise Securities Market (Irlanda).