Instrumentos de proteção comercial

Os instrumentos de proteção comercial são aquelas barreiras que visam limitar as transações internacionais.

Instrumentos de proteção comercial

Em outras palavras, esses instrumentos baseiam-se em medidas protecionistas aplicadas pelos governos. Essas ferramentas são usadas por eles para proteger sua indústria da concorrência externa.

Que tipos de instrumentos de proteção comercial existem?

Dentre os instrumentos de proteção comercial que podemos encontrar, podemos destacar uma lista dos mais utilizados pelos governos.

Assim, esses instrumentos de proteção comercial podem ser classificados em dois tipos:

  • Instrumentos de proteção tarifária.
  • Instrumentos de proteção não tarifária.

Esses instrumentos apresentam variações em sua aplicação.

Instrumentos de proteção tarifária

Esses instrumentos de proteção tarifária baseiam sua barreira em um elemento principal. Este elemento é a tarifa. A tarifa é um tributo que incide sobre mercadorias sujeitas ao comércio internacional ao passarem pela fronteira alfandegária. O imposto pode incidir sobre as importações e exportações, embora o mais comum seja tributar as importações.

Instrumentos de proteção não tarifária

Assim, por outro lado, podemos destacar a seguinte relação como os instrumentos de proteção não tarifária mais frequentes:

  • Cotas tarifárias ou cotas de importação : consistem na limitação das importações de uma mercadoria em quantidade ou valor durante um determinado período. A grande diferença com a tarifa é que com ela você pode comprar o valor desejado desde que esteja disposto a pagá-la, enquanto com uma cota o valor que pode ser adquirido é limitado por uma decisão de política comercial. Um direito mais baixo também pode ser estabelecido para a importação de um número específico de unidades da mercadoria e um direito mais alto para as importações que excedam esse número.
  • Subsídio à produção : consiste em subsidiar a produção nacional, com a qual, ao baixar os custos de produção, o preço inicial é mais competitivo no exterior.
  • Imposto sobre o consumo de bens importados : tem como efeito reduzir o consumo de bens importados, sem afetar a produção. Observe que o efeito conjunto de um imposto sobre o consumo e subsídio à produção é idêntico ao da tarifa (estimula a produção nacional).
  • Subsídios à exportação : O governo paga suas empresas para aumentar suas exportações.
  • Trocas múltiplas : a paridade de uma moeda é fixada de acordo com a mercadoria importada ou exportada.
  • Controle de câmbio: quando o governo raciona moeda estrangeira para importação.
  • Conteúdo doméstico mínimo : Requisito de que uma porcentagem do conteúdo de um produto seja doméstico.
  • Restrições voluntárias à exportação : Um país restringe a exportação de produtos, principalmente com a intenção de evitar tarifas ou cotas impostas pelo parceiro comercial.
  • Protecionismo administrativo : são as regras administrativas (disposições dos regulamentos aduaneiros) que dificultam a entrada de produtos estrangeiros. Pode ser:
    • Controles de qualidade
    • Controles sanitários
    • Regras sobre marcas registradas e patentes
    • Barreiras burocráticas, como licenças de importação ou licenças não automáticas.
  • Requisitos de desempenho : certas obrigações são impostas aos produtores de bens e serviços, como forçá-los a exportar uma parte de sua produção.
  • Programas de diferimento e reembolso de taxas .