Custos históricos

Custos históricos são aqueles custos incorridos ao longo do tempo em um processo de fabricação ou prestação de serviço.

Custos históricos

Esses custos são obtidos ao final do período econômico ou ao final de diversos ciclos de fabricação que constituem um único período. Neste caso, nos referimos ao ‘período’ como um ano.

Vantagens e desvantagens dos custos históricos

Sua principal vantagem é registrar os custos período após período para fazer uma análise retrospectiva, com a qual será possível estudar se o volume, a eficiência e os custos envolvidos evoluíram positiva ou negativamente.

Com isso em mente, objetivos ou metas podem ser estabelecidos de forma objetiva com base em estatísticas anteriores, para que seja mais fácil saber em que época do ano ou o processo de fabricação exigirá mais liquidez, matéria-prima ou mão de obra.

A única desvantagem notável no uso de informações de custo histórico é que a análise deve ser muito bem explicada e detalhada, uma vez que aspectos fundamentais como a evolução do valor da moeda (inflação, deflação ou estagflação) devem ser levados em consideração. E a situação económica e social daquele período (momentos de crise, expansão ou estagnação).

Exemplo de custos históricos

Para entender melhor o conceito, vários exemplos de custos históricos serão apresentados:

  • Suprimentos de água e eletricidade usados ​​durante o processo de fabricação do barco plástico ao longo de um ano.
  • Mão de obra dedicada à fabricação de automóveis em linha de montagem durante um ano inteiro.
  • Gasolina usada por taxista por um ano.
  • Auxílio pago a executivo de empresa por um ano para viagens ao exterior.
  • Comissões geradas por um pool de funcionários na prestação de serviços profissionais em nome da empresa por um ano.

Refira-se que embora o ano tenha sido utilizado como principal unidade de medida, também é possível adaptar os custos históricos a semestres, trimestres ou qualquer outra unidade de medida. Este tipo de mudança pode significar que é mais útil na análise da atividade da empresa.