Custo de vendas

Custo das vendas é o valor direto de ter fabricado um produto ou serviço comercializado em um determinado período.

Custo de vendas

É muito importante ressaltar a condição de valor direto no conceito, uma vez que são considerados apenas aqueles que afetam diretamente o processo de obtenção do bem ou serviço a ser comercializado.

Custo das vendas na contabilidade

É usado para determinar em um determinado período a quantidade que se pretende vender um produto ou serviço para a empresa e, assim, poder estabelecer qual o nível de receitas ou vendas necessárias para poder amenizá-los.

Também é útil para analisar qual processo envolvido no produto ou serviço incorre em mais despesas do que outros e, assim, poder definir um preço de venda. Geralmente são despesas das quais não podemos prescindir totalmente, pois algumas são proporcionais ao nível de vendas realizadas. Vários deles podem ser:

  • Armazenar.
  • Suprimentos
  • Matérias-primas utilizadas.
  • Mão de obra.

Assim, dependendo da actividade da empresa, este custo será constituído por diferentes tipos de despesas, em que o exemplo mais recorrente para diferenciar essas despesas seria comparar a origem do custo de vendas de um supermercado e de uma empresa que vende serviços pela Internet.

Fórmula de custo de vendas

Em primeiro lugar, é preciso diferenciar dois tipos de empresas, de um lado as que adquirem mercadorias e, de outro, as que fabricam seus próprios estoques.

Levando em consideração o exposto, a fórmula para o custo de vendas de uma empresa em um determinado período será:

Custo das vendas

Não foram consideradas as empresas ligadas ao sector dos serviços, visto que nestas a forma de cálculo do custo varia consoante a actividade específica da empresa. Existe uma grande diferença entre calcular o custo de vendas de uma empresa de software e outra do setor de hotelaria, por exemplo.

Em suma, o cálculo não é tão metódico neste tipo de empresa em comparação com aquela que comercializa mercadorias ou produtos acabados.

Finalmente, deve-se notar que para atribuir um valor aos produtos iniciais e acabados que vão ser vendidos, a nível contábil podemos avaliá-los com diferentes métodos. Esses métodos estão intimamente ligados à contabilidade interna. Os mais usados ​​são o método FIFO (do inglês first in, first out , que traduzido para o espanhol seria "first in, first out"), PMP (Average Weighted Price) e LIFO (do inglês last In, first out , que traduziu seria “último a entrar, primeiro a sair”).