Bolsa de Valores

A bolsa de valores é um mercado físico ou virtual onde entram em contato os solicitantes e fornecedores de capital, aqueles que realizam transações por meio de intermediários autorizados. Muitas vezes é referido simplesmente como "a bolsa".

Bolsa de Valores

As bolsas de valores permitem a negociação e troca entre empresas que necessitam de financiamento e poupadores (pessoas ou organizações). Estes últimos procuram investir seu dinheiro excedente para obter um retorno.

Tanto as ações (ações) quanto a renda fixa (dívida) são normalmente negociadas em bolsa, sendo o primeiro caso o mais conhecido.

Deve-se observar que as bolsas de valores podem ser locais físicos ou virtuais administrados por organizações privadas. Isso, com autorização prévia do órgão governamental ou regulador correspondente.

Bolsa de Valores

Origem do mercado de ações

As bolsas de valores têm origem na cidade de Bruges, na Bélgica, onde a família de banqueiros Van der Bursen organizou reuniões em seu palácio onde os ativos eram negociados e realizadas operações comerciais. O conceito de “bolsa” surgiu do brasão da família que possuía três bolsas de couro.

A primeira bolsa de valores moderna surgiu em 1460 em Antuérpia, na Bélgica. Posteriormente, em 1570 foi criada a Bolsa de Valores de Londres, em 1595 a de Lyon (França) e em 1792 a de Nova York.

Funções da bolsa de valores

Entre as funções mais importantes do mercado de ações estão:

  • Canalize a economia para o investimento produtivo.
  • Fornece informações precisas e permanentes sobre os valores, a situação das empresas listadas em bolsa, as operações realizadas, etc.
  • Oferece liquidez, pois os investidores podem converter seus ativos (ações ou outros) em dinheiro.
  • Oferece segurança jurídica. Ou seja, as transações são suportadas e serão respondidas por elas.

As bolsas de valores desempenham um papel fundamental no desenvolvimento econômico, pois facilitam as transações e canalizam a economia. Assim, uma melhor alocação de recursos é viável.

Vantagens do mercado de ações para empresas

A participação em uma bolsa de valores pode trazer diversos benefícios para as empresas, entre eles:

  • Maior acesso a financiamento.
  • Melhor imagem para o público.
  • Permite estimar o valor da empresa em um determinado momento e incentivar seus administradores a aumentar esse valor.
  • Os acionistas podem obter liquidez se optarem por vender suas ações.

Vantagens do mercado de ações para os poupadores

Para pessoas ou entidades que possuem poupança, o mercado de ações pode oferecer diversos benefícios, entre os quais:

  • Mais opções para tornar suas economias lucrativas.
  • Maior acesso à informação.
  • Ele permite que você compre e venda um ativo quantas vezes forem necessárias.
  • Acesse um mercado regulamentado que ofereça segurança.

Como funciona uma bolsa de valores

O mercado acionário é considerado um mercado secundário, pois transfere a titularidade dos ativos financeiros já emitidos anteriormente (no mercado primário)

As transações são realizadas por meio de intermediários financeiros autorizados, popularmente conhecidos como corretores ou corretores da bolsa. Esses profissionais atuam em nome da empresa ou pessoa que os contrata. Em troca, eles cobram uma comissão ou taxa por seus serviços.

Vale ressaltar que atualmente existem bolsas de valores virtuais nas quais é fácil entrar em contato com uma corretora e comprar ações online.

Por outro lado, as empresas que desejam participar de uma bolsa de valores devem tornar públicas suas demonstrações financeiras. Desta forma, é possível obter informações precisas sobre sua situação atual e potencial de crescimento.

Na Espanha existem quatro bolsas de valores em: Madrid (fundada em 1831), Bilbao (1890), Barcelona (1915) e Valência (1970).

Críticas ao mercado de ações

Apesar do exposto, o mercado de ações não apresenta apenas vantagens. Embora esse mercado tenha impulsionado o acesso ao financiamento e permitido o crescimento de muitas empresas de sucesso, ele também traz riscos.

Nesse sentido, devemos enfatizar que no mercado de ações os preços (cotações) podem oscilar fortemente. Uma ação hoje pode valer 4 e amanhã 3,7 ou até mesmo ir à falência (passar a valer 0). Portanto, da mesma forma que você pode gerar retornos positivos, também pode perder dinheiro.

Deve-se observar que a variabilidade do preço de um ativo é chamada de volatilidade. Quanto mais alto for, mais risco representa.

Portanto, investir na Bolsa de Valores é uma atividade que pode trazer benefícios. No entanto, você também pode perder parte ou todo o dinheiro investido (às vezes até mais). Isso pode acontecer, por exemplo, quando uma ação não é avaliada com precisão, ou seja, se está sobrevalorizada ou subvalorizada.